Quaresma e a Campanha da Fraternidade

Celebrar a Quaresma é reconhecer que Deus é o Nosso Senhor. Este é um tempo forte para voltarmos os olhos e o coração a oração, penitência, buscando a nossa conversão em Cristo Jesus.
Durante o tempo Quaresmal, a Igreja Católica vivencia a Campanha da Fraternidade, onde cada ano é destacado uma situação de nossa realidade que envolve a sociedade. Este ano o tema abordado é “Fraternidade e Saúde Pública” com o objetivo geral de “Refletir sobre a realidade da saúde no Brasil em vista de uma vida saudável, suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção dos enfermos, e mobilizar por melhoria no sistema público de saúde” (página 12 – Texto Base).

quaresma e a campanha da fraternidade

Como foi dito a Quaresma é um tempo forte de oração, penitência e conversão; esses são atos propriamente individuas, feitos em uma aliança entre eu e Deus. Quando faço jejum, eu estou abstendo de algo que gosto; Nossos gostos não são iguais logo cada um faz seu jejum ou penitência, quando eu rezo estou em um diálogo entre eu e Deus, e cada pessoa tem um algo pelo o que reza. A partir de que dois ou mais se reúnem para rezarem e agirem pelo mesmo proprósito se torna uma Fraternidade, um ato em Comunidade.
É isso que em meu ponto de vista a Campanha da Fraternidade vem nos trazer, estarmos juntos rezando e agindo pelo bem de nossa nação.

Campanha da Fraternidade 2012 – Fraternidade e Saúde Pública

  A Igreja propõe como tema da Campanha deste ano: A fraternidade e a Saúde Pública,  e com o lema: “Que a saúde se difunda sobre a terra” (cf. Eclo 38,8). Deseja assim, sensibilizar a todque a saude se difunda sobre a terraos sobre a dura realidade de irmãos e irmãs que não têm acesso à assistência de Saúde Pública condizente com suas necessidades e dignidade. É uma realidade que clama por ações transformadoras. (Página 9 – Texto Base)
Objetivo Geral: Refletir sobre a realidade da saúde no Brasil em vista de uma vida saudável, suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção aos enfermos e mobilizar por melhoria no sistema público de saúde. (Página 12 – Texto Base)
Ninguém escolhe ficar doente. A doença se impõe. Além de não respeitar nossa liberdade, ela também tolhe nosso direito de ir e vir. A doença é, por isso, um forte convite à reconciliação e à harmonização com nosso próprio ser.
A doença é também um apelo à fraternidade e à igualdade, pois não discrimina ninguém. Atinge a todos: ricos, pobres, crianças, jovens, idosos. Com a doença, escancara-se diante de todos nossa profunda igualdade. Diante de tal realidade, a atitude mais lógica é a da fraternidade e da solidariedade. (Página 15 – Texto Base)

Link para download – Campanha da Fraternidade, CNBB

Oração da Campanha da Fraternidade 2012

Senhor Deus de amor, Pai de bondade,
nós vos louvamos e agradecemos pelo dom da vida,
pelo amor com que cuidais de toda a criação.
Vosso Filho Jesus Cristo,
em sua misericórdia, assumiu a cruz dos enfermos e de todos os sofredores,
sobre eles derramou a esperança de vida em plenitude.
Enviai-nos, Senhor, o Vosso Espírito.
Guiai a vossa Igreja, para que ela, pela conversão se faça sempre mais, solidária às dores e enfermidades do povo, e que a saúde se difunda sobre a terra.
Amém!

Jovens Apóstolos

Categorias: Campanha da Fraternidade, Eclesiástico, Quaresma | Tags: , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: