Amar Também é Renunciar

Paz e Bem!

Muitas vezes temos para nós que o Amor é algo inquestionavelmente fácil. O sentido da palavra Amor é algo amplo, que supera todo o nosso conhecimento, assim não Amar é renunciar precisando ser uma pessoa intelectual para telo.
Para chegarmos a plenitude do Amor é preciso que passemos por um grande processo de sensibilidade e entendimento de um trecho que Jesus Cristo nos deixou “Ame o teu próximo como a ti mesmo” (Mt. 22, 39). Só é possível Amar, um ser que se ama e ama ao seu próximo.
Na trajetória de nossas vidas, passamos por várias ocasiões, escolhas, desejos, sonhos, etc… Tratando a vida com Amor, logo vemos que temos que renunciar tais coisas, por isso que não é fácil Amar, mas é por aí que chegamos a felicidade plena.

Lembro de uma frase de São Pio de Pietrelcina “O Amor nada mais é do que o brilho de Deus nos homens.” O Amor só é possível em Cristo.

Assim como o ouro precisa passar pelo processo no fogo para ser moldado, nós também precisamos, é algo que nos faz crescer e ter um maior senso do que é viver e a qual destino pertencemos.

Quero citar o maior e mais belo exemplo de renuncia, tal qual, provido verdadeiramente do Amor. Essa história real ocorreu a mais de dois mil anos atrás, onde nos trouxe a verdadeira liberdade, tal ato provido de pleno Amor.
Para compreender essa história de renuncia, antes precisamos entender algo: “O Verbo se fez carne, e habitou entre nós” (Jo. 1, 14). Deus se fez homem, e passou a ser Deus em condição humana, para remir nossos pecados.
No Santo Evangelho Jesus Cristo, nos ensina em Seus passos, como deve ser nossa conduta, e nos mostrou que possuía sentimentos iguais aos nossos, pois somos imagem e semelhança de Deus (Gn. 1, 26)
Quem Ama Renuncia: Jesus Cristo sabia por tudo a que seria submetido. Jesus estava no estado de agonia,  chegando a suar sangue no monte das Oliveiras, mas mesmo assim orava com mais insistência. Jesus disse “Afasta-te de mim este Cálice” como homem(em carne) seu desejo era de acabar logo todo aquele sofrimento, mas como ele é o Amor disse “Mas que não seja feita a minha vontade, mas sim a Vossa!” Jesus enquanto homem renunciou aquele medo, renunciou a toda aquela dor, pois sabia a tudo que seria submetido, e renunciou por AMOR, pois Ele é AMOR.

“Se alguém quer seguir-Me, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me.” (Mt. 16, 24) Como podemos Amar, tendo atitudes egoístas, com pensamentos unitários. Algo só é bom quando promove o bem social.

renuncie a si mesmo  Temos também a falsa ideologia de que o que Deus quer para mim não é o que eu quero. O que Deus quer para mim é a conquista da felicidade plena, sendo que cada um tem o seu caminho, caminho que leva todos ao bem comum.
Também não podemos criar uma falsa doutrina, aceitando determinadas coisas do plano de Deus para mim e fabricando as outras, montando assim a minha própria doutrina. Como por exemplo:
O sacramento da confissão, sou Católico vivo os 10 mandamentos, “mas não acho certo a confissão pois estou me confessando para um homem”, não se esqueça quando Deus soprou sobre os Apóstolos Ele concedeu o poder de perdoar os pecados dos arrependidos “Jesus disse-lhes novamente: “A paz esteja convosco. Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós”. E, tendo dito isto, Jesus soprou sobre eles, dizendo: “Recebei o Espírito Santo. Os pecados daqueles a quem perdoardes serão perdoados. Os pecados daqueles a quem não perdoardes não serão perdoados”.” (Jo. 20, 21) E como sabemos nossos Sacerdotes são pertencentes ao Apostolado, sendo que na Ordenação Sacerdotal é concedido o dom do perdão no Sacramento da Confissão.
E o segundo mandamento de nossa Santa Igreja Católica é “Confessar-se ao menos uma vez por ano” Logo se não estou de acordo e não o pratico estou fabricando minha própria doutrina, deixando de viver a Fé Cristã e a Fé Católica.

Quem Ama Renuncia, é preciso renunciar tais desejos e agir, para podermos crescer no Amor.

Jovens Apóstolos

Categorias: A Paixão de Cristo, Amar Como o Pai Ama, Cruz, Ev. Mateus, , Santos, Vida de Jesus | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: