Pensando o Cotidiano

Essa semana estive conversando com uma colega da faculdade e ela partilhava sua história falava-me sobre seus sentimentos. Dizia ela: “Não quero lembrar o passado! É muito dolorido e fico mal”. Mas, o que é lembrar as vivências do passado?Será que as pessoas conseguem viver com saúde mental sem reconciliar-se com seu passado?Quero apontar um caminho!Disse um caminho!Eu acredito na força da palavra, pois é isto que escuto todos nos dias em sala de aula. FALA + ESCUTA = CURA. Este casamento tem ajudado muitas pessoas em suas dores e aflições. Muitos de nós somos brigados com fatos e/ou com pessoas que, de alguma maneira, nos causou sofrimento. Talvez nos falte oportunidade de falar, mas também pessoas preparadas para ouvir. Ouvir sem julgamento sem crenças formadas e sem respostas prontas. Sempre digo que não existe cartilha pronta para ensinar como dirigir o que sinto.

pensando1 Quem tem poder sobre o que sente? Quem pode prever o que vai sentir daqui alguns minutos diante dessa ou daquela vivência? Mas do que estamos conversando mesmo? Ah, é do ontem, nosso amigo das experiências possíveis de ser tocadas. Com diz o Pe. Fábio, “só quem já provou a dor, quem sofreu, se amargurou, viu a cruz e a vida em tons reais”. Já ouvi está expressão, “o ontem está no túmulo, o amanhã está no útero só temos o hoje”.

Será que podemos fazer alguma coisa para superar as experiências amargas do passado? Será? Há quem diga que não podemos mudar o passado. Tudo bem posso até concordar. Mas acredito que podemos redimensionar as experiências passadas e transformá-las em perolas preciosas nas vivências do agora. Qual foi a experiência vivida que deixou marcas tão dolorosas? O que foi? Quem foi? Será uma infância pobre sem as condições básicas para viver, será a ausência dos pais, foi um acidente que levou a pessoa amada ou uma promessa de amor não cumprida, ou ainda, a perda de um amigo. O que aconteceu? Seja qual for as suas experiências perdoe-se e perdoe as pessoas que te ofenderam. Perdoe! Liberte-se das correntes que te prenderam a 5, 10, 15, 30 anos atrás. E se o sofrimento está batendo na sua porta abra peça para ele entrar converse com ele e de uma forma amigável despeça-o, pois é dessa forma que devemos lidar com o sofrimento com os sentimentos. Revoltas e ressentimentos podem ser um caminho perigoso. Todos nós passamos ou vamos passar por momentos de aflições, mas os momentos de sofrimentos podem ser uma grande oportunidade de amadurecimento e aprendizado no terreno dos sentimentos humanos. O sofrimento é inevitável para a vida humana, mas permanecer e fazer do sofrimento sua vida, é opção. Desejo a todos o alivio e a libertação de todo e qualquer sofrimento, que de alguma maneira tenhas guardado em seu raro coração. Ao final você vai perceber que sua história, por pior que seja, pode ser tornar um grande exemplo de superação para muitos que estão ao seu lado.

Pense nisso!

Abra à porta do coração a chave está em suas mãos!

Julio Cesar da Silva 

 

 

Julio Cesar da Silva, estudante de Psicologia.

 

 

Jovens Apóstolos

Anúncios
Categorias: Amizade, Exemplo Para a Vida, , Tempo, Testemunho | Tags: , , , , , , , , | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “Pensando o Cotidiano

  1. Tia Shirlei

    FALA + ESCUTA = CURA, realmente precisamos dessa cura, mas é muito difícil olhar para dentro de nós mesmos e nos depararmos com nossas dores, mas para que a CURA aconteça é necessário que tenhamos a coragem de colocar pra fora, falar, esvaziar tudo que nos faz mal, para que assim possamos dar espaço dentro de nós para que Deus possa fazer a obra, para que esse espaço seja preenchido pelo Espirito Santo pelo amor de Deus que nos traz alegrias, esperanças e novos caminhos, para que possamos ser vasos novos cheios de vinho novo e que este vinho que é o amor de Deus por nós transborde de tal forma a embriagar os que estão a nossa volta com esse AMOR MAIOR que vem do alto. A Paz e o Amor de Jesus a todos.

    • Adriana Correa

      Realmente falo por experiencia própria, que é muito difícil olharmos para dentro de nós e reconhecermos nossas misérias e enfrentarmos nossos medos, digo que é o adversário mais difícil de se vencer, mas é necessário, pois a partir do momento em que tomamos a decisão em fecharmos os nossos olhos e passamos a olhar para dentro de nós mesmo encontramos muitas situações mal resolvidas que mesmo depois de anos essas situações nos afeta e nos impede de sermos feliz inteiramente. Porque hoje em dia encontramos muitas pessoas tristes, vazias, sem motivações sem vontades, serei ousada na velhice precoce ? E se perguntarmos o motivo de tudo isso nem ela mesmo saberá dizer, porque dentro do seu interior existe muitos acontecidos mal resolvidos, por simples que seja, com passar do tempo esses mal resolvidos vai se fortalecendo e tornando um grande obstaculo e nos tornando uma pessoa fria rancorosa medrosa desanimada e vazia. Mas nunca é tarde para recomeçar e escrever uma nova história, não importa se você é jovem ou de mais idade, todos os dias Deus nos da uma folha em branco nas mãos ai vai de você querer ou não colorir seu dia.Então levante-se lute para mudar sua história você esta vivo e tem tempo para torna toda essa situação horrível em uma grande vitoria sobre você mesmo, não se deixe ser um perdedor você veio ao mundo para ser vitorioso (a) se não fosse para ser um grande vitorioso você nem teria conseguido vencer aqueles milhões de espermatozoides vencido todo ciclo de gravidez e estaria aqui hoje…
      Fácil não é mas também não é impossível é muito doloroso sim, mas quando olho para algumas situações que antes eram um monstro para mim e hoje vejo que era apenas uma pequena minuscula pedra que servirá de degrau para minha vitória, todo sofrimento que passei valeu a pena cada lagrima que derramei. Não tenha medo de enfrenta suas prisões seus medos sua dores encare os e você verá o quanto você é guerreiro (a) forte o suficiente para dar um novo sabor uma nova cor a sua vida….

      Abraços……….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: